jusbrasil.com.br
24 de Junho de 2021
    Adicione tópicos

    Atos de Discriminação no Ambiente de Trabalho

    Não adianta punir o seu empregado!

    Alice Cardoso, Advogado
    Publicado por Alice Cardoso
    há 2 meses

    Na última sexta-feira (09/04/2021), o jornal A Gazeta, do Espírito Santo, publicou a manchete “Comentários racistas e homofóbicos podem motivar demissão por justa causa”.⁣

    ⁣Na matéria, advogados de empresas opinaram a favor da demissão por justa causa dos empregados que cometerem essas faltas, falaram da importância de se ter regulamento interno que estabeleça a não aceitação deste tipo de conduta, mas uma coisa não vi ninguém dizer: onde está a raiz do comentário preconceituoso?⁣

    ⁣Comentários racistas e homofóbicos vem das camadas mais profundas do ser humano. A mudança comportamental numa empresa começa pela cultura dos seus empregados e só se consegue modificar culturalmente uma pessoa se você conhecer a fundo quem ela é.⁣

    ⁣De que adianta implementar Regulamento Interno, Canal de Denúncias e Política de Advertências visando inibir manifestações preconceituosas na empresa se não se sabe de onde vem de verdade esse tipo de conduta?⁣

    ⁣Conhecer a realidade vivida pelos funcionários é o primeiro passo à implementação do Compliance Trabalhista numa empresa!⁣

    ⁣Ouvi de um importante empresário que “A gente tem que sentar e principalmente escutar [o empregado] (...) porque, nós, privilegiados, nem entendemos a magnitude do preconceito.” A empresa na qual ele é sócio é uma das maiores do mundo e já ganhou diversas vezes o prêmio "Best Place to Work” (em português: Melhor Lugar para Trabalhar).

    ⁣Veja, não basta se dizer intolerante com a intolerância e punir empregados para que sirva de" lição " para outros. Não há pedagogia na imposição do medo. É necessário (e urgente) realizar uma verdadeira transformação cultural de todos os personagens das relações de trabalho para que alcancemos uma sociedade mais justa! ⁣

    ⁣Volta e meia alguém me pergunta: por que você se especializou em Compliance Trabalhista se você advoga para reclamantes? A resposta é simples: PORQUE CONHECER O TRABALHADOR FOI A MINHA PRIMEIRA E MAIS IMPORTANTE CAPACITAÇÃO PARA ATUAR NA CONFORMIDADE TRABALHISTA e alcançar resultados satisfatórios para as empresas.

    A mudança nos ambientes e trabalho necessitam de um olhar muito além da aplicação de penalidades! Só precisamos difundir esta mentalidade!

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)